Nossas Séries Favoritas da Marvel

Nossas Séries Favoritas da Marvel

Em outra oportunidade falamos sobre os nossos filmes favoritos da Marvel Studios e nossos favoritos dos X-Men, agora é hora de falarmos das nossas séries favoritas!

5 – Agent’s of S.H.I.E.L.D

Em sequência ao seu papel no campeão das bilheterias Os Vingadores, o agente Phil Coulson retorna para a S.H.I.E.L.D., a organização de execução da lei. Ali ele monta um pequeno e altamente treinado grupo de agentes para lidar com o estranho e o desconhecido, em casos que ainda não foram classificados.

O time é formado pelo focado agente Grant Ward, um especialista em combate e espionagem; a agente Melinda May, uma piloto e perita em artes marciais; o agente Leo Fitz, um cientista brilhante, porém um pouco deslocado socialmente; e a agente Jemma Simmons. Eles serão auxiliados pela nova recruta civil Skye, conhecida por sua especialidade como hacker de computadores.

Como uma das primeiras séries deste Universo Marvel merece seu lugar na lista e também se tornou uma forma de seguir com as aventuras de um personagem que esteve em todos os filmes de origem dos vingadores.

4 – Luke Cage

Nesta série da Marvel na Netflix, Mike Colter dá vida a Luke Cage, um homem acusado erroneamente que, através de um experimento científico, adquire superforça. Após escapar da prisão, ele se torna um super-herói de aluguel.

Em Luke Cage heróis são negros e à prova de balas,  o maior destaque é a forte crítica social em relação a questão do racismo do norte americano e a violência contra o negro, sendo até em um episódio com a participação do músico Method Man trazendo uma opinião bem forte a respeito do assunto,  e transbordando de referências à personagens importantes da luta contra o racismo e com a participação de estrelas do cenário musical negro a série se torna além de uma ótima adaptação de um herói negro da Marvel também é uma parte da grande história que envolverá a série Os Defensores.

3 – Agent Carter

A série se passa em 1946, quando Peggy tenta se ajustar ao emprego administrativo na SSR (Reserva Científica Estratégica) e à vida de solteira, depois de perder o amor de sua vida, Steve Rogers, o Capitão América. Mas tudo muda, quando um velho conhecido, Howard Stark (Dominic Cooper), é acusado de ter liberado suas armas de destruição em massa no mercado negro. Peggy, a única pessoa em que ele confia, deve localizar os responsáveis, livrar-se das armas e limpar o nome dele.

Se for pega fazendo essas missões secretas para Stark, Peggy poderia ser considerada uma traidora e passar o resto de seus dias na prisão, ou pior. Enquanto mergulha mais fundo em suas investigações, ela pode descobrir que as pessoas para quem trabalha não são quem parecem ser — e pode ainda questionar se Stark é tão inocente quanto diz.

A série é a prova mais irrefutável de que Agent Carter merecia ter seu próprio longa metragem, o trabalho de Hayley Atwell como a personagem é espetacular e, como na posição anterior, possui uma crítica social a respeito dos direitos de igualdade que as mulheres devem ter em relação a sociedade que vive e o quanto uma mulher é forte. Marvel por favor faça um longa desta mulher!!!

2 – Daredevil

Matthew Michael Murdock (Charlie Cox) é um jovem atleta e excelente aluno. Ainda na infância, um acidente envolvendo um caminhão que carregava lixos tóxicos o deixou cego e fez com que ele desenvolvesse vários sentidos. Quando Matt decide vestir o uniforme e adotar o nome “Demolidor” (Daredevil), leva uma vida dupla: é advogado durante o dia, e, à noite, protege as ruas de Hell’s Kitchen, seu bairro em Nova York.

Considerada por muitos uma das melhores séries lançada pela dupla Marvel / Netflix, Daredevil é muito bem construída e Charlie Cox merece ser reconhecido pela sua interpretação do personagem principal, fazendo todos esquecerem que um dia existiu Ben Affleck como intérprete do personagem. Além da participação de personagens de impacto como Rei do Crime ( Vincent D’Onofrio), Elektra ( Elodie Yung) e O Justiceiro ( Jon Bernthal que irá retornar no papel para uma série solo do personagem) que tornam a série dinâmica e muito consistente.

1 – Jessica Jones

Jessica Jones traz um olhar afiado, com recortes de suspense, sobre a vida de uma das personagens mais populares da Marvel na última década, e sua maneira de enfrentar os demônios interiores e exteriores.

Quando uma tragédia acaba com sua carreira de super-heroína, Jessica se dedica a reconstruir sua vida pessoal e profissional voltando à profissão de investigadora em Nova York.

Krysten Ritter além de ter mostrado total domínio no papel temos a participação de David Tennant como o primeiro desafio da heroína na série além de uma trama que se torna a base de Luke Cage.

Conselho da Toalha

O lorde máximo desse Conselho, aquele que mantém tudo em ordem!

More Posts

Commentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *