Especial | Jogos Disney

Especial | Jogos Disney

Oi, eu sou o Lipe! Quando se fala em animações logo vem na nossa cabeça o que? Disney! E não é para menos desde sua fundação 1923 essa gigantesca é uma das mais bem-sucedidas empresas de todos os tempos (sério não é exagero), em nos proporcionar animações, series, filmes que acabam se tornando uma certa referência para nós, com tantas ramificações e universos que vão desde o nosso planeta até uma galáxia muito, muito distante (capitão américa?).

A Disney se aventura em quase todos os setores de entretenimento, sendo bem-sucedida em praticamente todos eles, mas e nos jogos ela sempre foi excelente? Bom, essa é uma pergunta que eu vou tentar responder com algumas empreitadas da casa do camundongo mais famoso do mundo.

No mundo dos jogos a Disney começou cedo com seus jogos, com jogos 8 bits (Nintendinho e Master System) todos baseados em personagens, já consagrados de suas series animadas para TV.

Castle of illusion – Starring Mickey Mouse (Master System e Mega drive)

Possivelmente o mais bem-sucedido daquela época é Castle of illusion, no jogo sua missão é resgatar Minnie que foi sequestrada pela terrível bruxa Mizrabel, e resgata-la não é tarefa fácil, cenários dos mais variados e desafiadores te esperam nessa considerada a melhor aventura de Mickey, típico dos jogos de plataforma derrotar os inimigos pulando sobre eles ou atirando maças.

Castle of illusion é considerado um dos jogos mais geniais da geração 8 bits, e extremamente aclamado até hoje, bom pelo menos a versão original, game recebeu uma remake para PC, PS3 e XBOX 360, apesar de trazer gráficos refinados, cenários e jogabilidade similar ao clássico o jogo sofre de problemas em seus controles, o que o torna quase um fracasso. Por sorte podemos jogar o clássico via emuladores sendo uma melhor e mais atraente alternativa.

Ducktales (Multiplataforma)

♫ Aí vem um furacão, vem emoção, tem corrida e avião, tem sensação ♫(fiquei empolgado), um pouco antes de Castle of illusion fazer sucesso gigantesco, um outro jogo da Disney já dominava a geração 8 bits, Ducktales baseado no fantástico desenho repleto de aventuras emocionantes, o jogo é do Tio patinhas e segue a mesma trilha do desenho, aqui sua missão é simples, viajar por várias partes do mundo em busca de tesouros com o intuito de se tornar o pato mais rico do mundo.

Aqui temos um bom foco em exploração, mas sem ser um Zelda, esse é um dos primeiros jogos a inserir o Brasil na sua trama, a primeira fase é logo na Amazônia. O game possui diversos itens secretos por toda a fase, os personagens do desenho como Huguinho, Zezinho e Luisinho dentre outros estão espalhados pelas fases dando dicas ou itens especiais de cura, o jogo tem um controle preciso e imediato, quase sem falhas nada é travado, Ducktales é um jogo relativamente desafiador, ainda mais se for jogar na dificuldade mais elevada, pode ser um pesadelo para alguns o fato da aventura não possuir continue, ou seja, acabou as vidas é tchau! Tudo volta do início, por sorte vidas extras estão espalhadas por todo cenário com uma certa abundancia, mas não é bom brincar com a sorte.

Nossa principal arma é nossa bengala, ela serve de mola para grandes saltos destruir blocos e baús, além de atirar objetos nos inimigos. Ducktales agrada diversos tipos de jogadores dos mais casuais a hardcore, pois consegue mesclar e muito bem ambos os estilos de jogo. Assim como Castle of illusion ele recebeu um remake e diferente da aventura de Mickey, Ducktales é uma ótima repaginada!

The Lion King (Multiplataforma)

O rei leão é uma animação que está gravada na mente e coração de muitos de nós e sua tentativa de fazer sucesso no vídeo games teve também um grande êxito, o jogo compõem os principais atos da animação, com animações simples desses momentos o jogo é bem solido em seu gameplay, cenários lindos e uma trilha sonora totalmente ligada ao filme a dificuldade do jogo é média.

A cada fase temos um bônus protagonizados por Timão e Pumba, os únicos momentos que não jogamos com Simba é claro, os chefes de fase geralmente são hienas e não são muito difíceis. O jogo foi extremamente bem recebido vendendo mais de 1 milhão de copias só no Super Nintendo, além disso com uma experiência tão similar e divertida filme o jogo foi muito bem recebido pela crítica recebendo notas bem altas e positivas.

Maui Mallard: In Cold Shadow (Multiplataforma)

Mais um jogo protagonizado por Donald é Maui Mallard, e é um jogo de ação muito bom, sobre a trama: Em uma ilha tropical, o ídolo Shabum Shabum desaparece. Shabum Shabum é considerado o espirito guardião da ilha, e a menos que o ídolo seja recuperado, a ilha inteira irá explodir. O detetive Maui Mallard (“interpretado” pelo Pato Donald) é chamado na ilha para descobrir o paradeiro do ídolo, e suas investigações o levam a uma mansão assombrada. Indo adiante, ele encontra uma fortaleza de treinamento Ninja, aonde um mago lhe concede habilidades Ninja. Assim, Maui passa a poder se transformar em Cold Shadow.

Dentre todos os jogos apresentado Maui é o que mais possui uma trama original, sem se basear em filmes ou series de TV, aliado a uma boa e divertida trama, ótimos gráficos e uma jogabilidade bem consistente tornam esse um dos melhores jogos da geração 16 bits.

Vamos falar um pouco das mecânicas de jogo, por apresentar digamos duas personalidades a de detetive e ninja, Maui Mallard talvez resgate essa mudança de figurino e ganhos de habilidades da saga Magical Quest. Jogando com Maui sua principal arma é uma pistola atiradora de insetos para derrotar inimigos, no decorrer do jogo novas combinações são adquiridas para essa pistola, já como Cold Shadow sua arma é um bastão que serve para derrotar inimigos, se balançar em “ganchos” ou subir em lugares.

As fases são divididas em 5 partes, sendo que na última um mestre deve ser derrotado,  apesar de ser um grande jogo, o mesmo não conseguiu uma boa popularidade visto que na época os grandes sucessos como Donkey Kong 3 e Street Fighter Alpha II estavam chegando ao mercado na mesma época, um problema recorrente até hoje quando grandes jogos chegam ao mercado alguns são ignorados.

No fim das contas Maui Mallard é um dos melhores jogos lançados pelo selo Disney, com uma trama mas seria e ótimo gameplay e um melhor cuidado nas mecânicas, tornam esse um jogos mais elaborados pela empresa do Mickey e vale muito a pena.

Kingdom Hearts (PlayStation 2)

Kingdom Hearts eu sempre me perguntei como um jogo desses podia dar certo e deu, e como deu, KH não é um jogo 100% Disney ele é um belo de um Crossover entre o universo Disney e Final Fantasy.

Kingdom Hearts se passa em um universo fantástico que abriga diversos mundos das duas franquias, um desses mundos é “Destiny Islands, um arquipélago tropical onde vive o protagonista Sora, um jovem alegre e corajoso com seus amigos Kairi e Riku. Um dia, os três decidem deixar sua terra natal e então explorar novos mundos, e para isso constroem uma pequena jangada. No entanto, uma noite antes do dia previsto para a partida, o arquipélago é atacado por criaturas sombrias. Sora procura pelos seus amigos e vê Riku desaparecendo num portal negro. Um pouco depois, Sora obtém uma misteriosa espada em forma de chave, usada por ele a partir de então para se defender das criaturas que encontra pelo caminho. Ele se dirige para uma caverna, onde ele encontra Kairi perto de uma porta. Ela se vira para ele dizendo seu nome, a medida que a porta perto dela abre as explosões vindas da escuridão começam a sugar os dois para fora da caverna e pouco depois, destruir as Destiny Islands. Sora é então deixado à deriva, enquanto o paradeiro de Kairi e Riku é desconhecido. ”

A missão do jogador é explorar diversos mundos em busca dos seus amigos, dentre eles temos personagens Disney e Final Fantasy que nos ajudam nessa jornada em particular dois aliados que nos seguem durante a aventura Donald e Pateta, mago e cavaleiro respectivamente, jogo é um quase RPG de ação tem um combate rápido e bem intenso porém é altamente customizavel com itens de inventario e habilidades, possibilitando diversas estratégias de combate, os comandos respondem até bem, em alguns momentos é meio falho mas não chega ser problemático, com evolução dos personagens sequencias de golpes combinados dão um verdadeiro show, essa ação muito bem orquestrada com a trilha sonora, além de inimigos regulares os vilões mais famosas das duas franquias estão aqui, para tornar sua vida um verdadeiro inferno.

KH é um jogo grandioso e extremante complexo, uma análise completa precisa ser feita através seu próprio especial, mas sua menção aqui era obrigatória pois é sem dúvida uma das melhores surpresas já lançadas no mundo dos games, um novo capitulo desse crossover que já foi classificado como duvidoso e se tornou sucesso, está para sair para a PlayStation 4, Xbox One em 2018.

Concluindo

Bom amigos esses foram alguns jogos da Disney que eu tive a oportunidade de jogar e afirmar que são fantásticos se você não conhece algum título, ou conhece algum que mereça a lembrança conta para gente ai nos comentários beleza?! Eu sou o Lipe! E não se esqueçam O PODER É DE VOCÊS!

 

Lord Lipe

Paulista de 26 aninhos, apaixonado desde que se lembra por games, comecei cedo com Atari foram horas e horas jogando Pitfall e Frostbite, passando para Master System, Super Nintendo, N64, PlayStation 1, PlayStation 2, X360, PlayStation 3, atualmente com um PlayStation 4 e 2DS. Adoro Tolkien e seu universo, animes shonen e claro o Superman!

More Posts

Commentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *