HQs

Uma canção de amor e guerra - Thor: o Carniceiro dos Deuses

Bem vindos meus caros amigos, o Conselho da Toalha traz mais uma de suas análises sobre um elemento da cultura nerd, então pegue a sua toalha e vamos embarcar em mais uma aventura sobre esta cultura que cresceu de forma tão bela e incrível nestes últimos anos. Pela primeira vez desde que tive o prazer de expor as minhas ideias em um site geek falarei sobre uma história da Marvel. A

Review |  Batman/Elmer Fudd

Bem vindos meus caros amigos, o Conselho da Toalha traz mais uma de suas  análises sobre elementos da cultura nerd. Pegue a sua toalha e vamos embarcar em mais uma aventura sobre esta cultura que cresceu de forma tão bela e incrível nestes últimos anos. Desde que foi anunciado no fim de 2016, o crossover entre Hanna Barbera/DC trouxe uma série de cruzamentos inusitados entre personagens de ambas as companhias. Desde

Review: Arqueiro Verde – O Espírito da Flecha

O Espírito da Flecha foi uma minissérie publicada pela Panini no Brasil entre 2002 e 2003 contando com 8 edições. Com roteiro de Kevin Smith e arte de Ande Parks e Phil Hester, a história teve como objetivo trazer de volta à vida Oliver Queen, o Arqueiro Verde original, que havia morrido na explosão de um avião sob Metrópolis. Após os acontecimentos que culminaram com a morte de Oliver, Connor

Batman: I'm Suicide e Sua Importância

DC Rebirth veio no ano passado de maneira avassaladora, e trouxe grandes histórias e grandes personagens de volta. Muito foi mudado desde o aparente retorno de Wally West, trazendo consigo a aparição de uma ameaça capaz de roubar anos dos personagens da Grandiosa. Um dos arcos que mais chamou a atenção, entre as novidades e os saudosismos foi I’m Suicide. A premissa de trazer algo de novo e diferente ao

Os 57 anos de Grant Morrison: O deus dos quadrinhos

Grant Morrison nasceu em Glasgow, na Escócia, em 1960. Seus primeiros trabalhos foram publicados nas tiras da Gideon Stargrave para a Near Myths em 1978 (quando tinha cerca de 17 anos), um dos primeiros quadrinhos alternativos britânicos. Seu trabalho apareceu em quatro das cinco edições da Near Myths e ele foi devidamente estimulado a criar trabalhos mais cômicos. Isto incluiu o quadrinho semanário Captain Clyde, um super-herói desempregado baseado em

Os 60 anos de Frank Miller e sua importância para os quadrinhos

Frank Miller nasceu no dia 27 de janeiro de 1957, em Olney, Maryland. Quando jovem era viciado em filmes “noir”, lia as HQs do italiano Guido Crepax, Will Eisner e era admirador da linguagem cinematográfica dos mangás (os gibis japoneses). Essas experiências acabaram influenciando-o artisticamente. Miller mudou-se para o Soho em 1977. Era um garoto vindo do campo, bastante alto e encantado com Nova York. Quando não estava juntando trocados

Novos 52 | Batgirl e Batwoman a voz dos excluídos

A fase dos novos 52 ficou pra trás e como tudo que a DC Comics produz hoje em dia foi recheada de controvérsias, dúvidas, críticas e questionamentos. A maior parte deles voltado ao desrespeito a mitologia da editora e aos fãs de quadrinhos, ainda assim há aqueles que defendem a fase com unhas e dentes, não sou uma delas, sou apenas uma ávida leitora de quadrinhos que tenta aproveitar ao

Review | Mulher Maravilha - O Espírito da Verdade

“Para todas as pessoas ao redor do mundo que lutam pela verdade e pela liberdade” O Espírito da Verdade faz parte da coleção “Os Maiores Heróis da Terra” que nos brindou também com: Superman, paz na Terra; Batman, Guerra ao Crime e Shazam! O poder da Esperança, LJA: Origens Secretas e LJA: Liberdade e Justiça. Toda a coleção deve ser analisada dentro de um contexto histórico relevante, fim dos anos

O Triunfo da Infância

Eu queria as vezes ter uma penseira, sabe a penseira do Harry Potter? Recapitulando rapidamente, é um artefato que parece uma bacia para lavar o rosto, onde você pode depositar suas memórias e mergulhando o rosto na “bacia”, você revive presencialmente memórias suas, ou de qualquer pessoa que as de para você. Mas, por que falei isso agora? Porque eu queria muito, ver pelos olhos do Mauricio de Souza a